sexta-feira, 19 de março de 2010

Acredito muito na natureza humana. Mas como todo o resto, ela vem sendo devastada e deixando pelo caminho trilhas de fogo que nunca param de nos queimar.

Sofrer  degolas  diárias  nos  faz  criar  cada  vez  mais  artérias. Nunca  tem  fim. A  vida  é  vermelha. A  crueldade é  branca. O  azul...