terça-feira, 9 de março de 2010

Em meio aos cachecóis do Milan, da Juventus, do Roma, lá estava eu, torcedor solitário do Padova num domingo frio, pela manhã. Vola Padova.

Sofrer  degolas  diárias  nos  faz  criar  cada  vez  mais  artérias. Nunca  tem  fim. A  vida  é  vermelha. A  crueldade é  branca. O  azul...