sexta-feira, 28 de julho de 2017

A Melancolia vem desde o útero, não há ciência ou pragmatismo qualquer que possa dar jeito nisso. Nada. Na verdade, o homem é uma derrota frente à sensibilidade. Frente ao que só podemos nomear sem jamais ver-lhe o verdadeiro rosto. Se não temos a matéria para dissecar e achar-lhe a causa de seus males, não tem jeito: a alma torna-se mesmo uma constante lâmina afiada que não pode ser localizada, mas nos talha o tempo todo.

Sofrer  degolas  diárias  nos  faz  criar  cada  vez  mais  artérias. Nunca  tem  fim. A  vida  é  vermelha. A  crueldade é  branca. O  azul...